Cusco - Peru

 No ano de 2012, eu, minha esposa, um casal de amigo e seu filho (Acácio, Isabel e biel), fizemos uma viagem para o Peru, mas precisamente para a terra dos Incas cuja a capital foi Cusco. Antes de relatar a viagem e mostrar Cusco, preciso dizer que poucas vezes eu fui à um país ou cidade e mesmo antes de partir, já estava planejando retornar para conhecer outras regiões.....
Voltando a falar sobre Cusco, a cidade foi a capital do império INCA, dai o nome que no idioma quechua (idioma dos Incas e ainda falado pelos habitantes da cidade) significa umbigo (umbigo do mundo). 
Os Incas eram um povo politeísta que adoravam principalmente o Deus sol e a Pachamama (terra, fertilidade, feminino, etc). Alem da adoração aos Deuses, os incas também cultuavam 3 animais sagrados o que eles chamam de "trilogia Inca" formada pelo puma, pelo condor e pela serpente (irei falar mais sobre isso em outra postagem) o culto era tanto que varias cidades Incas referenciavam esses animais, a cidade de Cusco por exemplo foi construída no formato de um puma onde a cabeça do puma era a fortaleza de Sacsayhuaman e a praça de armas (Haucaypata) era o peito do animal.
formato da cidade de cusco
Ilustração do formato da cidade na época do império Inca [1]
Cuzco
Indicações de onde você se encontra no puma ao percorrer a cidade.

Como chegar:

Onibus-  Um boa opção para quem quer deseja conhecer outras cidades do Peru e deseja economizar uma grana, o ônibus é sempre uma boa opção. Quem optar por onibus a empresa cruz del sul por  preços que variam de 79 a 130 Soles para acessar o site da empresa de ônibus clique aqui. Quem quiser uma segunda opção de cia para compra de passagens clique aqui.

Trem-  Não achei rotas de trem entre Cusco e Lima, no entanto saindo de Cusco é possível visitar locais como Valle del Urubamba, Valle Sagrado, Machu Picchu, Puno, Lago Titicaca e Poroy. Para mais informações sobre os trens, acesse o site da Peru rail clicando aqui.

Avião- Otima opção para quem deseja visitar somente Cusco e a Região do vale sagrado (Machu Picchu, Pisac, ) para obter informações sobre voo e operadoras do aeroporto clique aqui.

Onde se hospedar:

Durante nossa estadia em Cusco, como estávamos com criança, não nos hospedamos em hostel's como de costume, dessa vez ficamos hospedado no Hotel Midori (mais informações clique aqui). Com excelente localização à 200 mts da praça de armas o hotel não foi caro comparado com nossos hotéis no Brasil (diárias 90 Dolars com cafe da manha) e o pessoal do hotel eram super simpáticos. 
hotel Cuzco
Pátio interno do hotel.
Sabe aquela história de jogador de futebol sobre a altitude???? É verdade, Cusco fica a 3400 mts de altitude e no primeiro dia na cidade, subir uma ladeira de 100 mts parecia escalar o Everest..... Para minimizar os efeitos da altitude, na chegada ao hotel os funcionários nos serviram chá de coca que segundo eles, ajuda os visitantes a se acostumarem com a altitude. Realmente me senti melhor após beber o Chá e bebia o chá 3 ou 4 vezes por dia!!!!! :)
folhas de Coca
Chá de coca servido para diminuir os efeitos da altitude
Como a cidade é visita por todos os tipos de viajantes, é possível encontrar hotéis 5 estrelas assim como hostels. Um dos Hostels mais conhecidos na cidade é o Che Lagarto, quem quiser da uma olhada clique aqui para acessar o site do Hostel.  

O que visitar:

Praça de Armas -  O ponto de partida para descobrir Cusco é a praça de arma. A praça decorada com arcos em pedra e sacadas de madeira é o principal centro de apoio aos turistas, onde há muitos restaurantes, bares, agencias de turismo e câmbio. Como é fácil arrumar guia e trocar dinheiro neste lugar. Não peguei meu guia aqui, mas qualquer portinha oferece excursões para Matchu-pitchu, Lago Titicaca, Linhas de Nazca, arredores de Cusco, etc. 
Terraços cuzco
Detalhe da sacada de madeira de casa na praça das armas
Detalhe do puma na sacada da casa
Vista noturna da praça das armas
Vista noturna da praça das armas
Na praça de armas encontra-se também a Catedral de Cusco e o Templo de la Compañia de Jesus.
Cuzco
Vista noturna da catedral e do templo de la Compañia de Jesus. 

Catedral de Cusco -  A construção da catedral de Cusco inicio-se no ano 1560, construída no estilo gótico-renascentista e barroco durou mais de 100 anos para ser terminada. Como de costume naquela época, qualquer local de cultos da civilização dominada era destruído e substituído por templos católicos, essa pratica se repetiu na construção de Catedral de Cusco que foi construída sobre o palácio de Viracocha. Dentro da catedral podemos destacar a coleção de obras de arte da escola Cusquena de arte e o coro de cedro entalhado no século 17 com imagens de Santos e papas. A entrada na Catedral custa 30 soles, mas é possível entrar de graça na missa de domingo de manha.
Capela Jesus, Mária y josé
Fachada da catedral de Cusco
praça de armas
Catedral de Cuzco - noite
Inca
Vista Lateral da Catedral de Cusco
Igreja da Compañia de Jesús -  Outro pronto marcante na praça de armas é jesuíta de Cusco. Iniciada sua construção em 1571 sobre o antigo palácio do inca Huayna Cápac (ultimo Inca) é um exemplar impar do estilo barroco andino. O templo celebrou a união da princesa inca Beatriz Clara Coya (filha do Inca Sayri Túpac) e Martín García de Loyola, sobrinho de San Ignácio de Loyola (fundador da Companhia de Jesus ou mais conhecida como Ordem dos Jesuítas).
Cuzco peru
Templo de la Compañia de Jesus
Detalhe na porta de alguma igreja em Cusco
A igreja jesuíta foi destruída no ano 1650 por um terremoto e teve o seu trabalho de reconstrução terminado em 1688. O preço para visitar a Igreja é de 10 Soles.
praça de armas
Templo de la Compañia de Jesus
Chafariz de Pachacuti -  Inca era o titulo dado ao imperador,  o povo que habitava a região governada pelo Inca era chamado de Quechua. O Inca mais famoso foi Pachacuti cujo nome significa "o reformador da terra". Foi Pachacuti, que transformou Cusco na capital do império Inca, alem de ser o principal responsável pela expansão do império que se estendeu do Equador até o Chile com mais de 3000 km de extensão. Na praça de Arma tem uma estatura de Pachacuti. Para conhecer mais sobre a historia de Pachacuti, clique aqui
Chafariz em homenagem a Pachacuti
praça de armas cuzco
Pachacuti no centro da Praça de armas
Calle Hatum Rumiyoc -  Nesta rua e nas proximidades ainda é possível ver muros de antigas construções Incas. Sobre esses muros, os espanhóis construíram suas edificações aproveitando as solidas estruturas deixadas pelos Incas. A perfeição dos muros é tão grande que não é possível passar uma chave no encaixe entre as pedras.
Cusco
Entrada de de templo Inca transformado em entrada de  uma casa.
Calle Hatum Rumiyoc
Calle Hatum Rumiyoc
As construções Incas não possuíam pedras quadradas, cada pedra tinha um formato especifico e todas se encaixavam perfeitamente. Destaque todo especial para a pedra de 12 ângulos na Calle Hatum Rumiyoc com encaixes perfeitos. 
Cuzco
Pedra de doze ângulos
Cusco
Igreja e Convento de Santa Catalina - construído sobre a antiga casa das virgens do sol
Museu Sitio de Qoricancha- Este no meu ponto de vista é indispensavel para quem estiver visitando Cusco. O local é uma Convento construido sobre o Templo mais rico e importante do imperio Inca o templo do Sol. O lugar é tão bacana que fiz uma postagem só para ele. Quem quiser verr a postagem sobre o museu clique aqui.

Museu Inka - Este museu esta localizado na antiga casa do almirante espanhol Francisco Alderete Maldonado (do lado do hotel Midori) construída no século XVII e expõem peças de cerâmica, objetos em ouro e prata, tecidos e impressionantes múmias Incas. Destaque todos especial para as primeiras neurocirurgias realizadas pelos Incas e para a sala dedicada a mostrar os benefícios da folha de coca. O preço para visitar é de 10 Soles por pessoa. E na minha opinião é o museus que mais vale a pena visitar dentre os que irei citar nesta postagem.
Cusco
Entrada do museu Inka

Cabaça
Artesanato em cabaça vendido no museu
Museu de História Regional - O museu era a residencia do escritor Garcilaso de la Vega, filho do capitão espanhol Sebastián Garcilaso de la Vega e da princesa cusquenha Chimpu Ocllo e mostra documentos históricos, telas da escola cusquenha de arte e decoração da época de Garcilaso.
Garcilaso de la Veja
Patio interno do museu de historia regional
Morte do ultimo inca
Quadro representando a morte de Túpac Amaru o ultimo Inca 
Carta com sangue
Replica da carta escrita por Túpac Amaru com próprio sangue solicitando dinheiro para fugir da prisão
Não tive tempo de visitar todos os museus da cidade, quem quiser da uma procurada sobre o acervo dos locais, segue a relação de museus que não visitei:
Museu de Arte Precolombino
Museu de Arte Contemporânea
- Museu de Arte Religiosa ou Palácio Arzobispal
- Museu de História Natural
- Museu de História Regional

O que comer:

Falando sobre gastronomia, Cusco é um prato cheiro. Os dois acompanhamentos básicos aqui em Cusco são Quinua e batata. No Peru é possível encontrar mais de 200 variedades de batatas, herança das experiências dos Incas provavelmente em Moray (irei mostrar em outro post sobre essa cidade).
Com restaurantes com comidas exóticas, há opções para todos os bolsos. Dentre os mais celebre restaurantes que comi, destaque para o LIMO e o INKA Grill ambos localizados na praça de armas onde os pratos custavam em torno de 45 soles (40 Reais). Sem mais rodeios, vamos aos principais pratos da região:

O Cuy ao horno. Conhecido por aqui porquinho da índia, o Cuy tem uma carne muito saborosa e segundo o povo local muito nutritiva. Quem não tem problemas em experimentar carnes exóticas aconselho a provar as duas. Como esse é o prato mais famoso da cidade num restaurante bacana ele pode custar uns 60 Soles.

Carne de alpaca - Prima da Llama a alpaca possui uma carne macia e muito saborosa. Há muitas maneiras de servia a carne de alpaca mas com certeza a mais tradicional é servida com Quinua.
culinaria Peru
Carne de alpaca
Bebidas - A região andina também possui algumas bebidas exóticas. A mais famosa delas é o Pisco que nada mais é que uma cachaça de uva cuja a origem da bebida é reivindicada por peruanos e chilenos. Claro que todo peruano fala que a bebida é peruana...rsssss
Alem do Pisco, a região de Cusco tem o seu refrigerante chamado Inca-cola. Para pessoas que gostam de bebidas muito doces fica a dica.
refrigerante
Refrigerante Inca
Suco de Milho - O quechuas possuem uma variedade com mais de 150 tipos de espigas de milho onde alguns grãos são do tamanho da cabeça do polegar da mão. Com base nessa cultura, os quechuas fazem um suco de milho chamado de chicha morada. 

Cerveja de milho - À "Cusquenha" que lembra uma muito o sabor de uma pilsen aqui no Brasil (claro as cervejas aqui tem muito milho na composição) não deve ser negligenciada pelos amantes da bebida.

Ceveza de Coca -Alem da Cusquenha, em alguns bares é possível encontrar uma cerveja feita com folhas de coca. Pessoalmente não gostei, achei extramente amarga, mas vale a experiência.
Cerveza de coca
Cerveja a base de coca.

Usuários de Yahoo e netvibe, assine nosso FEED na barra lateral e fique sabendo de todas nossas atualizações. Semanalmente temos novidades!!!!!

Curtiu nossa postagem ou as fotos? Curta nossa pagina no facebook abaixo:

Postagens mais visitadas

Curta nossa pagina no Facebook