San Marino - A primeira republica do mundo

Esse pequeno país (61 km²) localizado nos Montes Apeninos entre as regiões de Emília-Romana e Marche é uma bela e interessante opção de passeio principalmente para quem estiver pensando em curti as praias e festas de Rimini ou para viajantes que desejam fazer compras com preços mais em conta. 
A historia de São Marino começa ainda no século IV quando São Marino e um grupo de monges dentre eles San Leo fugiram para os Apeninos (Cordilheira que corta a Itália) por conta da perseguição do imperador Diocleciano contra os católicos e se refugiaram no monte Titano.
A comunidade de San Marino foi crescendo e possuía suas próprias regras independentes dos ducados que os cercavam. No ano de 1243, o primeiro conselho da até então comunidade de San Marino foi formado com intuído de organizar a politica da comunidade. Em 1291 o Papa Nicolau IV reconheceu a comunidade como um estado independente garantido a San Marino o titulo de primeira republica do mundo. A independência de San Marino foi confirmada pelo Papa Urbano VIII em 1631.
Republica de São Marino
Muralhas da cidade de San Marino - A 1ª republica do mundo.
Durante as guerras Napoleônicas o território não foi invadido pelas tropas francesas e ainda teve sua independência garantida por Napoleão que ofereceu novos territórios para a minúscula republica, não contrariando os princípios da pátria, o governo samarinês recusou a oferta de Napoleão. Apesar da sua neutralidade durante a unificação da Itália o local serviu de refugio para Giuseppe Garibaldi. Durante a 1º e 2º guerra mundial o território se manteve neutro durante o conflito. 
Um das maiores rendas per capita da Europa, a economia de San Marino é movimentada principalmente por seus bancos e pelo turismo.
Republica de San Marino
Ruas medievais e Busto de Giuseppe Garibaldi - primeira estatua do mundo em homenagem ao revolucionário.

Como chegar:

Como San Marino é o terceiro menor pais do mundo (perde para Mônaco e Vaticano) não é possível chegar ao país de trem ou avião. Com esses meios de transporte é possível chegar até a cidade de Rimini e de la pegar um ônibus conforme indicado abaixo:

Ônibus - Para chegar a San Marino de ônibus, a melhor opção é pegar um trem até Rimini (o ônibus de Roma custa 48 Euros clique aqui para acessar o site da cia Itália de trem). Chegando à estação de trem de Rimini vá até o terminal de ônibus e pegue um circular 72 que vai até a cidade de San Marino. Quer conhecer outras opções de ônibus para San Marino Clique aqui ou aqui e acesse as empresas de ônibus que fazem o trajeto entre Rimini e a cidade.

Carro - Quem tiver alugado um carro pode pegar a auto-estrada A14 que vai de Bolonha para Ancona. No meio do trajeto é possível ver as placas indicando a saída para San Marino. Como San Marino não possui controle de fronteira o acesso ao país é simples.
San Marino - Italia
Frecciarossa (Flecha vermelha) - Trem de alta velocidade italiano na estação de Milão.

O que visitar:

O país parece um parque de diversões de tão perfeito estado que se encontram seus edifícios. Constantemente restaurados, a cidade de San Marino ainda guarda seu aspecto medieval mesmo se muitos de seus edifícios já passaram por grandes reformas/restauros ou foram completamente reconstruídos. Dentre os inúmeros monumentos da cidade nada melhor que começar nosso passeio pelos três símbolos da cidade: as três torres.

Três Torres - Localizada no topo do monte titano as torres que formam o sistema defensivo da cidade hoje são consideradas o simbolo de San Marino é estampada na bandeira e brasão de armas da republica. Vamos conhecer cada uma das torres:

Guaita - Construída ainda na Idade Média (século X) e chamada de Guaita ou Rocca foi a primeira estrutura de defesa de San Marino. Quem tiver interesse em visitar alem das diversas estruturas construídas ao longo dos séculos (Capella Santa Barbara, Torre Campanaria e Torre Della Penna) ainda pode ver algumas peças de artilharia como morteiros e canhões de 75 millimetros que foram dados de presente por Vittorio Emanuele II para a republica de San Marino. Mais informações sobre a Guaita clique aqui e acesse o site oficial da torre.
Republica de São Marino
Guaita Rocca  Vista da torre Cesta.
Republica de São Marino
Guaita Rocca  e o caminho que leva até a torre Cesta.
Torre Cesta- Situada no ponto mais alto do Monte Titano (755 mts) o local onde a torre Cesta foi construida já era usada pelos romanos como ponto de observação. O local que oferece uma das mais belas vistas de San Marino abriga desde 1956 abriga o museu de arma antiga (Museo delle Armi Antiche) que expõe mais de 800 exemplares como espadas, lanças, pistolas e armaduras. O preço do ingresso é de 3,00 Euros e por 4,50 Euros é possível visitar as duas torres mostradas.
Republica de São Marino
Entrada da Torre Cesta - San Marino
Republica de São Marino
Espadas em exposição no interior do Museo delle Armi Antiche;

Torre Montale- Situada no extremo do monte Titano, a 3º torre do complexo defensivo de San Marino. Apesar de ser a menor das torres, a Montale que foi construída no século XIII no melhor ponto de vigia do monte. No interior da torre há uma prisão com 8 metros de profundidade.
Republica de São Marino
Torre Montale - Vista da torre Cesta.
Palazzo Pubblico-  Localizado na Praça da Liberdade (Piazza Libertà) o atual Palácio inspirado no Palácio de Gubbio foi construído em 1884 no local do antigo palácio chamado de Domus Magna comunis. Principal sede do governo de San Marino, aqui podemos ver a cada hora a troca da guarda. Também é possível visitar o interior do Palácio, mas como não fiz o passeio clique aqui para acessar a postagem de um viajante que visitou o local. 
Republica de São Marino
Piazza Libertà e Palazzo Pubblico - Centro administrativo de San Marino
Republica de São Marino
Guardia di Rocca - Guardas de San Marino
Basílica de San Marino-  A atual Basílica de San Marino foi construída em 1836 no estilo neo-clássico no local da antiga igreja do século VII também dedicada ao patrono do pais. O interior da Basílica composta por três naves abriga as relíquias de San Marino encontradas em 1586. Destaque também para a estatua do patrono no interior da basílica.
Republica de São Marino
Colunas coríntias da fachada da Basílica de San Marino.
Republica de São Marino
Interior da Basílica de San Marino.
Casa de Giuseppe Garibaldi - Após a revolução farroupilha e sua estadia no Uruguai, Giuseppe Garibaldi retornou para Itália em 1848 para lutar contra os austríacos e ajudar na unificação do país. Em 1849 Garibaldi preciso se retirar de Roma e encontrou refugio San Marino. Como já mencionado, alem de abrigar o primeiro monumento dedicado a Garibaldi, em San Marino é possível ver a casa onde o guerrilheiro ficou refugiado com sua esposa.
Republica de São Marino
Casa branca -  Local onde Giuseppe Garibaldi se refugiou em 1849.
Cava dei balestrieri- Estrutura militar pertencente a antiga defesa de San Marino, a Cava dei balestrieri atualmente recebe campeonatos de balestras. Quem quiser ver informações sobre o ultimo campeonato de balestras clique aqui.
Republica de São Marino
Cava dei balestrieri - Local que abriga o torneiro de balestra de San Marino.
Museu da tortura - Pequeno museu com objetos inventados pelo homem para causar dor e morte é outro destaque da cidade. Pagando 8 Euros é possível ver alguns objetos que datam no século XVI e XVII assim como outras objetos reconstruídos. Destaque para a Forcella dell'Eretico (Garfo que ficava abaixo do queixo do torturado) e Gatta da Scorticamento usado pela inquisição.
Republica de San Marino
Museo della Tortura - Conheça objetos criados para promover a dor.
Museu de São Francisco - O complexo arquitetônico formado pelo convento e Igreja de São Francisco ambos fundados em 1351 são as primeiras estruturas religiosas da republica de San Marino. Apesar dos inúmeros restauros, ainda é possível ver símbolos e inscrições nas pedras da Igreja. Na lateral da Igreja é possível acessar um museu com pinturas e objetos sacros ligados aos franciscanos. Não tive tempo de visitar o museu e não achei o preço do ingresso de entrada.
Republica de San Marino
Fachada da Igreja de São Francisco em San Marino.

Outros Museus - Apesar de ser uma pequena cidade dentro de um pequeno pais, a quantidade de Museu aqui é impressionante. Alem dos museus citados acima, quem for visitar a cidade com tempo pode ainda apreciar os seguintes museus:

Mundo de Leonardo - Com recriações de objetos e maquinas projetadas por Leonardo Da Vinci -  Não tenho informações sobre o preço.

Museu de arte moderna - Com custo de 3 Euros, o museu de arte moderna de San Marino possui mais de 750 obras. Para maiores informações acesse o site do museu clicando aqui.

Museu das curiosidades-  Invenções extravagantes, personagens incomuns e objetos raros foram o acervo do museu que custa 7 Euros. Curioso para conhecer mais sobre o museu? Clique aqui.

Museu nacional - Com um acervo que conta a historia da região desde o período neolítico até a idade média a vista ao museu custa 3 Euros.

Museu Ferrari and Abarth - Museu com documentos e que contam a historia da escuderia, de Enzo Ferrari e do design italiano Carlo Abarth. O preço para visitar o museu é de 12 Euros, mais informações acesse o site oficial do museu clicando aqui.

O que comprar:

Apesar da independência de San Marino, seu território esta no meio da Itália e como não vi nenhum prato diferente do resto da Itália, ao invés das tradicionais dicas de pratos e especiarias da cidade irei falar um pouco sobre compras. San Marino é um território livre de impostos, logo qualquer produto que você ver na Itália, é possível encontra-lo  aqui 20% mais barato. Dentre os principais itens que vi aqui vale destacar os óculos de sol,  perfurmes, joias e pedras Swarovski.

Usuários de Yahoo e netvibe, assine nosso FEED na barra lateral e fique sabendo de todas nossas atualizações. Semanalmente temos novidades!!!!!


Duvidas são bem vindas, postando uma duvida em nosso blog você esta ajudando outros viajantes como você....



Curtiu nossa postagem ou as fotos? Curta nossa pagina no facebook abaixo:

CONFIRA TAMBEM....

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Passeie pelo mapa e confira todas nossas postagens clicando nos marcadores...