Liberdade - O bairro mais oriental do Brasil

Surgindo do loteamento de fazendas da região, o bairro da Liberdade inicialmente era chamado de bairro da pólvora por abrigar até 1832 à Casa de Pólvora (Armazém de explosivos) construída em 1754. Apesar de ser adotado pela colonia Japonesa em São Paulo, o nome liberdade nada tem haver com colonização nipônica, o nome remete ao século 19 onde aqui havia o largo do Pelourinho, assim com o o Largo da Forca. Com a abolição da pena de morte do Brasil, o Largo da Forca passou a chamar-se Largo da Liberdade.
Bairro da Liberdade - São Paulo
Largo da Liberdade - Importancia de manter a memória do local
Sinal de pedestre caracterizados
Como o Bairro era a principal rota entre o Bairro da Sé e as fazendas de chá de Santo Amaro, na virada do século 19 para o século 20, o bairro passou por uma transformação com alargamento de ruas, desapropriações de terras e imóveis, construções de praças, largos e calçamento de ruas com paralelepípedos.
Torii - Portão tradicional Japonês 
Cultara mantida apesar da distancia da patria mãe.
Apesar da imigração Japonesa chegar ao Brasil por volta de 1908 com a chegada do navio Kasatu Maru, foi só 1912 que os primeiros japoneses vieram morar na Liberdade. O tradicional bairro do centro de São Paulo que até então era habitado em sua maioria por imigrantes portugueses e italianos era próximo ao centro da cidade e possuía alugueis baratos o que motivou os primeiros imigrantes japoneses a se instalarem aqui. Atualmente o bairro é considerado o principal reduto paulistano da maior colônia nipônica fora do Japão. 
Algumas empresas entraram na onde do bairro e caracterizaram seus edificios.
Bairro da liberdade - São Paulo
Lojas caracterizadas no largo da Liberdade
Em nosso blog foi abordada somente um pequena parte da história do bairro, para saber mais sobre a história do bairro e a história da migração Japonesa clique aqui e acesse um blog especializado.

Como chegar:

Metro - Rápido e eficiente, o metro é sem duvida a melhor opção para chegar ao bairro, a estação Liberdade (linha azul) fica no largo da Liberdade.

Carro - Pode ser até um pouco mais comodo vir de carro, mas prepare o bolso para o estacionamento que não será barato. Durante a semana a região é congestionada....

Ônibus - Devido a proximidade com a praça da Sé, diversos ônibus circulam pela região, para saber as linhas de ônibus que atendem a região, consulte a pagina da SPtrans clicando aqui.

O que visitar:

Museu da imigração japonesa - Localizado nos últimos andares da prédio da Sociedade Brasileira de Cultura Japonesa, o museu da imigração japonesa conta com mais de 97.000 itens que contam a história e evolução da colonia japonesa no Brasil desde a chegada do navio Kasatu Maru.
Liberdade - São Paulo
Replica do navio Kasatu Maru - Museu da imigração japonesa

 Liberdade São Paulo
Roupas tipicas trazidas pelos imigrantes - Cultura mantida e difundida com a nossa cultura.
Confesso que esse museu me surpreendeu, fui sem esperar muita coisa e me deparei com um acervo e organização cronológica e reflete bem a organização e cultura japonesa. Alem de mostrar a historia dos imigrantes, aqui também podemos ver o quanto nossa cultura foi influenciada pelos japoneses. O preço da entrada do museu é de R$ 10,00, crianças (até 11 anos), idosos e estudantes pagam meia entrada. Para maiores informações sobre o museu clique aqui e acesse a pagina oficial do museu.
Liberdade  - São Paulo
Objetos que mostram o quanto os imigrantes japoneses estavam preocupados com a educação
Igreja de Santa Cruz dos Enforcados - Localizada no Largo da Liberdade, a igreja foi construida após a execução dos soldados Francisco José das Chagas, o Chaguinhas, e Joaquim José Cotindiba, ocorridas em 1821. Ambos foram condenados e enforcados no Largo da forca por reclamarem do soldo pago pela Coroa portuguesa. A execução marcou a cidade de tal modo que foi erguida no local a capela de Santa Cruz dos Enforcados, hoje Igreja de Santa Cruz dos Enforcados. Após a construção da igreja durante muitos anos o local foi usado para velar os condenados enforcados..... 
Liberdade -  São Paulo
Igreja de Santa Cruz dos Enforcados - Homenagem a soldados enforcados na época do império
Capela dos Aflitos - Localizado no Beco dos Aflitos (travessa da Rua dos Estudantes) a capela foi inaugurada 1775 assim como seu entorno era utilizado como cemitério para sepultar "aflitos" como escravos, condenados a forca e indigentes. Com a  construção do Cemitério da Consolação o antigo cemitério foi desativado e loteado onde somente a capela foi mantida.
Liberdade - São Paulo
Igreja dos Aflitos - Contos, lendas e assombrações....
Devido a toda história do local e a grande aflição dos que ali foram enterrados, muitos falam que o beco é mal assombrado. Se você quiser ver um pouco dessa história assista o vídeo abaixo.




Largo da Pólvora - As pessoas que passam pela Av. da Liberdade não imaginam que o belo Jardim oriental foi até 1832 um grande armazém de explosivos. O local era tão famoso que o Bairro da Liberdade era chamado de Bairro da Pólvora...

Jardim Oriental - Ótimo lugar para tirar umas fotos, o jardim possui um ambiente bem arborizado, espelho d’água com carpas coloridas, grandes pedras e pés de bambus. Localizado na Rua Galvão Bueno próximo ao Largo da Liberdade, durante os fins de semana barracas que servem pratos típicos da culinária japonesa são montadas aqui. Não esqueça de chegar cedo, sempre tem muita gente esperando para comer.....
Jardim oriental da Liberdade - Opção de gastronomia aos fins de semana.

Interior do jardim - Quase impossivel tirar uma foto sem ninguem
Lojas e galerias - De alimentos à Mangas e personagens de animes, tudo relacionado a cultura japonesa pode ser encontrado nas galerias da Liberdade, se vier aqui para fazer compras prepare o bolso, pois voce vai querer levar muita coisa.....
Ma

Roupas tipicas japonesas e atualmente Cosplay são confeccionados aqui nas galerias.
Karaokes - A adoração dos japoneses por Karaokes é conhecida mundialmente e claro que o bairro Japonês da cidade não poderia deixar de oferecer esse tipo diversão da galera. Eu conheci 3 casas do gênero dentre as quais posso destacar a Choperia e petiscaria Liberdade (foto) onde os preços são justos e a quantidade de musicas é enorme. Se você é mais tímido e não quer se expor alem dos seus amigos, recomendo Karaokê Box Kampai onde salas para grupos de 10 a 15 pessoas podem ser locadas. Há algumas outra casas do tipo no bairro, mas antes de entrar no primeiro Karaokes que você encontrar, certifique que o local não é um "pute!#@" disfarçado.
Choperia e petiscaria Liberdade - Diversão garantida para quem gosta de cantar

O que comer:

Restaurantes típicos - Ao passear pelo bairro será fácil encontrar restaurantes temáticos com todo tipo de culinária oriental, casas de lamen, sushi's, sachimi's, restaurantes chineses, etc....
Restaurantes temáticos em todas as partes do bairro.


Rua Thomaz Gonzaga - Diversas opções de restaurantes japoneses


Aproveite e conheça outros destinos interessantes em nosso blog. Navegue em nosso menu e desfrute!!!!!

Duvidas são bem vindas, postando uma duvida em nosso blog você esta ajudando outros viajantes como você....

Curtiu nossa postagem ou as fotos? Curta nossa pagina no facebook.

Postagens mais visitadas

Curta nossa pagina no Facebook