Salvador - A primeira Capital do Brasil.

Como primeira postagem de uma cidade brasileira escolhi Salvador. Passei 5 dias em Salvador e achei a cidade sensacional, com muita historia, excelente culinária, ótimas praias e um povo muito receptivo. Grande parte dessa impressão devo ao amigo Antonio Souza que me levou a lugares especiais que talvez sozinho eu não teria conhecido. Alem do Tom, gostaria de agradecer ao Andre Fonseca que também me fez conhecer salvador antes mesmo de pisar na Bahia e ao Lucas, Felipe e "Riquelme"....
Logo saindo do aeroporto, o primeiro ponto que fui visitar foi a praia de Itapuã imortalizada na musica de Vinicius de Moraes (Tarde em itapuã).
Farol de Itapuã

Eu e o Tom no farol de Itapuã 
Nem pegamos praia em Itapuã, só passamos para conhecer, mas notei que é uma região residencial com quiosques ao longo da praia onde os visitantes podem curtir a praia com conforto. Saindo da praia fomos até a Lagoa do Abaeté que também tem uma musica em sua homenagem (Dorival Caymmi - A Lenda do Abaeté) lugar bonito, com bastante natureza e ótimo para caminhadas. O contraste entre a areia branca bem fina e a água da Lagoa preta rende uma bela foto...
Lagoa do Abaeté
Deixando um pouco as belezas naturais de lado, seguimos em direção a região central da cidade passando pelo Dique do Tororó. Essa Lagoa artificial foi construída durante a invasão holandesa e fazia parte do sistema defensivo de Salvador protegendo a área norte da cidade alta (vamos falar mais sobre a cidade alta). Nos tempos atuais, o lado norte do dique Tororó fica a fonte nova casa do Esporte Clube Bahia (BBMP)......
Dique do Tororó
Salvador tem muita coisa para se visitar, acho que deve ser a cidade que tem o maior numero de cartões postais do Brasil, o maior numero de fortalezas e com certeza o maior numero de musicas homenageando os bairros e pontos turísticos  O próximo ponto da nossa visita é a igreja do Nosso Senhor do Bonfim, local onde originalmente (porque hoje é comprada em qualquer lugar de Salvador) eram distribuídas as famosas fitinhas do Nosso Senhor do Bonfim.
Igreja Nosso Senhor do Bonfim
Nos pontos turísticos é comum que algumas pessoas identifique os turistas e se oferecem para amarrar uma fitinha no seu braço, evite esse tipo de contato. Como em toda a cidade do mundo, sempre tem gente que tenta se aproveitar de turista e essa é uma forma......
Tradicionais fitinhas do Nosso Senhor do Bonfim
A igreja do Nosso Senhor do Bonfim foi construída para abrigar a imagem do Santo que veio de Setúbal em razão de uma promessa de um capitão Português que enfrentou uma difícil viagem para chegar ao Brasil. A igreja também é famosa pela festa do nosso senhor do Bonfim e pela lavagem das escadarias da igreja (não confundir, pois são festas diferentes) que ocorre na quinta-feira antes da festa do Bonfim.
Após a visita ao Nosso Senhor do Bonfim paramos para tomar um sorvete na sorveteria da Ribeira, o numero na frente da sorveteria não é o numero do edifício e sim o ano do inicio das atividades da sorveteria, a variedade de sabores é enorme e todos os que provei são ótimos. Segundo minha esposa o melhor soverte de nutella do mundo.....
Sorveteria da Ribeira
Por-do-sol em algum lugar próxima a sorveteria da ribeira
Nesta estadia em Salvador eu fiquei hospedado no Albergue Rio-Vermelho, ótimo lugar, limpo, bem localizado, barato, agradável e o proprietário o Sr. Antonio é um espanhol que veio fazer mochilão na America do sul e acabou ficado em Salvador  ele e sua esposa são extremante simpáticos e dão varias dicas para o turismo (http://www.albergueriovermelho.com.br/). 
Praia do Rio Vermelho
O bairro do Rio Vermelho é o bairro Boêmio de Salvador durante a noite há muita atividade no bairro (restaurantes, bares, discotecas, etc) com bons preços (pelo menos comparado com a vila madalena em São Paulo). Destaque para a borracharia (borracharia que se transforma em Bar durante a noite) e para o Acarajé da Dinha um dos mais tradicionais acarajés de Salvador (irei falar mais sobre culinária). Durante o dia, o bairro tem duas praias próximas que não são as melhores de Salvador mas dá para brincar. O destaque do Bairro fica no período das festa de Iemanjá onde os pescadores fazem uma "procissão com os barcos". Essa identificação do bairro com Iemanjá é devido que antigamente o bairro do Rio Vermelho era uma comunidade de pescadores seguidores de Iemanjá.

Casa de Iemanjá - Associação de pescadores de Salvador
O que comer:


A culinária em Salvador também merece um destaque, uma dica não só para Salvador, mas para qualquer viagem que você faça é: Prove as comidas tipicas......
Em salvador eu provei, Acarajé, Vatapá, Pititinga (ótimo para acompanhas umas cervejas e nunca troque o nome por Pititi pois a garçonete pode estressar....kkkkk), Surubim na Brasa (peixe do Rio São Francisco muito saboroso e leve), Lambreta (Mariscos), escondidinho, arrumadinho e um destaque todo especial para a muqueca (R$40,00 para duas pessoas),  depois de comer essa da foto abaixo, azeite de dendê e leite de coco virou item obrigatório na minha dispensa.
Muqueca de peixe com camarão
Com certeza a muqueca e o arrumadinho (se quiser ver a receita, clique aqui) que diga-se de passagem foi o prato mais barato do passeio foram inesquecíveis.  O arrumadinho comemos em um bar ao lado da UFBA e quem passar por salvador não deixe de provar  o prato independente do restaurante..... Surubim na brasa também foi um prato que me chamou a atenção pelo sabor do peixe, assim como o espetinho de carne de bode. 
Baiana vendendo Cocada
Piriguete baratinha
Um dos três pontos turísticos mais famosos de Salvador (junto com o elevador Lacerda e o Pelourinho) o farol da Barra foi o primeiro farol do continente americano construído dentro do forte de Santo Antonio que é a construção militar mais antiga do Brasil construída em 1534 e servia para controlar e orientar os navios que entravam na Baia de todos os santos. Um excelente exemplar da arquitetura militar portuguesa o forte de Santo Antonio abriga o museu náutico de Salvador cujos ingressos custam R$ 5,00.
Forte de Santo Antonio ou Farol da Barra.
O Farol da barra também é muito associado com o carnaval. Salvador possui o maior carnaval de rua do mundo e um dos principais eventos desse carnaval é o circuito Barra-Ondina onde os foliões seguem o trio elétrico (criação de outros baianos Dodô e Osmar) por um percurso de aproximadamente 4 km.
Farol da Barra e Praia do Farol da Barra
Caminhando do Farol da Barra sentido praia do porto da barra, temos o forte Santa Maria. O forte Santa Maria foi construído por volta de 1614 e fazia parte do sistema defensivo da barra formada pelo Forte de Santo Antonio (farol da barra), o Forte Santa Maria e o forte de São Diogo. Esse três fortes foram responsáveis pelas defesas de Salvador contra as investidas de Mauricio de Nassau à Salvador. 
Forte Santa Maria
 Passando o forte Santa Maria chegamos a praia do porto da barra que na minha opinião é a melhor praia de Salvador. Apensar de pequena (aproximadamente 500 mts) a praia do porto da barra possui  águas calmas e cristalinas, alias muito cristalina. O local é tão agradável que não é preciso levar nada (só dinheiro) para a praia, pois os moradores da região alugam cadeira, guarda-sol e vendem bebidas para os usuários da praia. O aluguel é barato não lembro exatamente o valor mas era algo em torno de R$ 8,00/dia. O único inconveniente dessa praia é que se você não chegar cedo, principalmente nos feriados será um pouco difícil se instalar na areia.
Praia do Porto da Barra
Claro que não poderia falta a historia dessa praia, alem do papel defensivo do forte Santa Maria, a praia do Porto da Barra foi onde o primeiro governador geral do Brasil Tomé de Souza desembarcou. Para homenagear esse momento um monumento com a cruz da ordem de cristo (a mesma mostrada em Lisboa em outros posts) foi colocado na praia.

O segundo ponto turístico que me referi anteriormente é o elevador Lacerda, construído em 1873 foi o primeiro elevador urbano do mundo e liga a cidade baixa à cidade alta (termo muito usado em salvador e que fica claro a razão desse nome nesta foto) mais que levar à cidade alta, o elevador Lacerda leva os turista a praça Tomé de Souza e ao Pelourinho. A cidade alta (pelourinho) será mostrada em outro Post.
Elevador Lacerda
Na cidade baixa temos o famoso mercado modelo (bom local para compra de artesanato) e porto onde é possível alugar barcos para visitar as ilhas próximas a Salvador (Itaparica e a não tão próxima Morro de São Paulo). Na entrada do Cais do porto temos mais uma influencia dos nossos irmãos portugueses, um mosaico em azulejo azul mostrando uma panorâmica da Salvador visto da Baia de todos os santos.
Arte em azulejos - Cais de Salvador
A paisagem representada nos azulejos é a mesma da fotos abaixo:

Panorâmica de Salvador

 Em frente ao cais de Salvador temos o forte de São Marcelo (mais um forte de salvador), por ter sido a primeira capital do Brasil a cidade foi muito fortificada.  O forte São Marcelo foi inspirado no castelo de Santo Ângelo em Roma e esta localizado no meio da Baia de todos os santos sobre um arrecife e teve o inicio de sua construção em 1608. Infelizmente não foi possível visitar o forte, o pessoal que trabalha no cais falou que os administradores do forte alternam os períodos de visitação do forte.
Forte de São Marcelo

Nada melhor que uma foto do por-do-sol na baia de todos os santos para finalizar esse primeiro post sobre Salvador, essa foto foi tirada do terraço do mercado modelo onde há um restaurante. 
Por-do-sol na baia de todos os santos

Gostou das dicas, veja nossa postagem sobre o PELOURINHO clicando aqui!!!!!

Usuários de Yahoo e netvibe, assine nosso FEED na barra lateral e fique sabendo de todas nossas atualizações. Semanalmente temos novidades!!!!!


Curtiu nossa postagem ou as fotos? Curta nossa pagina no facebook abaixo:



Postagens mais visitadas

Curta nossa pagina no Facebook